segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Marinor diz que se envergonha da subserviência da Câmara na votação da LOA 2017

By: MARINOR BRITO: - 12:29

Share

& Comment


A vereadora de Belém, Marinor Brito (PSOL), usou na manhã desta segunda-feira (12), a tribuna da CMB, onde afirmou que a Lei Orçamentária Anual (LOA), não atinge os interesses mais essenciais do povo de Belém. “Quero dizer a vocês que não é fácil estar diante de um amontoado de informações de um orçamento de mais de 3 bilhões cujo o conteúdo não atinge aos interesses mais essenciais do povo da nossa cidade. E não atinge porque ele não está focado para o que realmente é necessário, que é a inversão de prioridades, para o dinheiro chegar onde precisa chegar e ajudar a nossa cidade a ser mais democrática, mais participativa para fortalecer os conselhos de direito, as associações, os sindicatos e os instrumentos de controle social desta cidade”, disse Marinor.

A parlamentar ressaltou que a CMB deveria abrir espaços amplamente para discussão do conteúdo da LOA. “O Estatuto das Cidades diz que tudo o que pode alterar e mudar a vida das pessoas tem como pré-requisito um amplo debate, com audiência nos bairros, para receber o aval e a contribuição da população. Eu não vivi isso na gestão do Presidente Orlando Reis (PSB) nem durante a gestão do vereador Paulo Queiroz (PSDB) e nunca mais tivemos nenhum tipo de perspectiva de ‘abrir’ esta Casa ou ir aos bairros discutir as questões de interesse público com o povo”, continuou.
Para Marinor, isso é um erro histórico, porque os vereadores se escondem ao invés de ir às ruas, ouvir o povo e enfrentar o debate. E causa um prejuízo enorme a população que não sabe que hoje (12) está sendo votado um pacote de utilização de mais de 3 bi para ser implementado em 2017. Para a ex-senadora, isso é grave. “Quando se trata de trânsito e transporte o orçamento não responde, quando se trata de alagamentos, não responde. Mais o sofrimento do povo está ai, principalmente quando as chuvas coincidem com a maré alta. Mas os valores que estão contidos aqui (na LOA) não serão capazes de resolver sequer a manutenção da Bacia do UNA que prejudica mais de 20 bairros pela ausência, pelo descompromisso do prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB) com a manutenção daquela obra. Não tem aqui recursos de contrapartida para que a prefeitura possa investir e fazer empréstimos para resolver o problema do Paracuri. E esse foi um dos principais debates durante a campanha eleitoral, ou seja, as principais bacias que precisam de investimento em 2017, não terão recursos nem terão previsão orçamentária do município. Então é lamentável. Isso sem entrar no debate de como o poder executivo e esta casa desrespeita o esforço dos parlamentares em contribuir através das emendas parlamentares”, encerrou a ex-senadora.

About MARINOR BRITO:

Organic Theme is officially developed by Templatezy Team. We published High quality Blogger Templates with Awesome Design for blogspot lovers.The very first Blogger Templates Company where you will find Responsive Design Templates.

0 comentários:

Copyright © 2015 Marinor Brito

Designed by Templatezy & Copy Blogger Themes