quinta-feira, 15 de maio de 2014

SAÚDE MENTAL CONTINUA ABANDONADA POR PREFEITO DE BELÉM

By: MARINOR BRITO: - 15:40

Share

& Comment

 A parlamentar é autora da Lei nº: 8.054/2001, sancionada
pelo ex-prefeito Edmílson Rodrigues, que estabelece o dia 18 de maio,
como Dia Municipal de Luta Antimanicomial.
A vereadora Marinor Brito (PSOL) realizou na quarta-feira (14), diligência ao centro de atendimento psicossocial (CAPS III / Av. José Bonifácio) de atendimento a pacientes adultos.
"As condições de atendimento aos pacientes é de trabalho dos funcionários são desumanas e há problemas de toda ordem, com por exemplo, as constantes ausências do gerente Sérgio Kléber Aragão. Também faltam medicamentos básicos como o antipsicótico 'Risperidona' que são necessários duas mil unidades/mês, mas só chega 60 unidades para o mesmo período e ainda com atraso. A alimentação é a mesma todos os dias, carne moída e há suspeita de contaminação por ratos e baratas nos locais de armazenamento. Não têm chuveiros e instalações sanitárias são precárias. Também faltam mesas, cadeiras, ventiladores, camas, lençóis, ar-refrigerado... O prédio está cheio de infiltrações e as instalações elétricas são um risco para pacientes e funcionários", denunciou a vereadora.
Marinor já acionou o ministério público do estado (MPE) que investiga as denúncias da parlamentar: "Esse assunto já foi alvo de denúncias feitas por nosso mandato ao MPE, que entrou com ação contra o prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB) para garantir o cumprimento da legislação, visando colocar em funcionamento em conformidade com a lei, o atendimento e tratamento de pessoas portadoras de transtornos mentais, visto que as condições encontradas na gestão tucana de Belém, até agora não se enquadram no que determina as diretrizes do Ministério da Saúde", disse.
Segundo a psolista, o movimento de luta antimanicomial já solicitou, através da parlamentar um pedido de audiência com o secretário da administração, Guto Coutinho, para tratar das especificidades dos CAPS, mas até agora, o titular da Semad não atendeu e preferiu "engavetar" a solicitação.
"Não é de hoje que cobramos do governo municipal tucano seriedade no atendimento de pessoas com problemas de saúde mental individual e coletiva. São pelos menos duas grandes deficiências. A primeira consiste em garantir as condições dignas de trabalho e número suficiente de profissionais da área de psicologia, psiquiatria, serviço social, enfermagem, nutrição, terapeuta ocupacional e educador físico, inclusive com a garantia do pagamento de adicional de saúde mental. O outro, é na assistência aos pacientes com medicamentos, equipamentos e instalações físicas, mobiliário e alimentação adequada. Hoje, infelizmente, nada disso é assegurado pelo prefeito Zenaldo Coutinho, que segue, desrespeitando a lei, mas nossa disposição de luta e organização é muito maior e vamos continuar cobrando que a lei seja cumprida", encerrou.
AGENDA: Nesta quinta-feira (15), em cumprimento à Lei nº: 8.054/2001 de autoria da vereadora Marinor Brito, que estabelece o dia 18 de maio, como "Dia Municipal de Luta Antimanicomial", a CMB vai realizar, às 15 horas, uma Sessão Especial, solicitada pela bancada do PSOL, através do vereador Fernando Carneiro. O evento é aberto ao público.

 

About MARINOR BRITO:

Organic Theme is officially developed by Templatezy Team. We published High quality Blogger Templates with Awesome Design for blogspot lovers.The very first Blogger Templates Company where you will find Responsive Design Templates.

0 comentários:

Copyright © 2015 Marinor Brito

Designed by Templatezy & Copy Blogger Themes