quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Governo Simão Jatene mostra suas garras: Criminalização, Autoritarismo e Descumprimento da Lei

By: MARINOR BRITO: - 16:54

Share

& Comment

A senadora Marinor Brito, líder do PSOL no senado federal e educadora de profissão participou na manhã desta quinta-feira (06), de mais uma rodada de negociações entre os trabalhadores em Educação, em greve há 11 dias, e o governo do Estado, na sede da Secretaria de Educação (SEDUC), em Belém.
Representantes do Governo não apresentaram nenhuma proposta nova
para encerrar greve na Educação
A senadora do PSOL foi enfática na defesa dos trabalhadores em Educação, mas infelizmente os representantes do governador Simão Jatene (PSDB), mais uma vez não apresentaram nenhuma proposta concreta que pudesse levar a categoria a encerrar o movimento grevista.
- O governador Jatene desrespeita os trabalhadores em Educação e assim como sua antecessora, Ana Júlia Carepa (PT), entrou na justiça pedindo a abusividade da greve. Não bastando isso, mandou o secretário de Educação cortar o ponto dos trabalhadores. Tudo isso, porque a categoria, democraticamente, decidiu entrar em greve, porque o governo está descumprindo a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que obriga o pagamento do piso salarial nacional, disse Marinor.
- Por trás da conhecida arrogância do PSDB está a incompetência de, após quase 10 meses de governo, não conseguir cumprir a lei do piso na integralidade. Jatene descumpre uma decisão da corte suprema do país e tenta criminalizar os trabalhadores que lutam por condições dignas de trabalho e por uma educação de qualidade, criticou a senadora.
Infelizmente os trabalhadores em educação, na luta por uma educação de qualidade social para todos, tem que enfrentar o governo em todas as suas esferas, federal, estadual e municipal. Aqueles que são, constitucionalmente, os responsáveis pela educação, são os que mais descumprem a lei.
A parlamentar, que no senado federal integra a Comissão de Educação, defendeu um salário digno para os professores e mais verbas para a educação.
- É um absurdo que o governo federal destine quase 50% do orçamento da União para os banqueiros e menos de 4% para a educação. É por essas e outras que já encampamos a luta no congresso nacional por 10% do PIB para a educação, pois o PSOL acredita que é fundamental intervir junto ao MEC para agilizar a liberação de verbas que possam complementar o pagamento do Piso, mas também não isentamos o governo do Estado de sua responsabilidade em sanar suas finanças para que seja possível pagar salário digno aos trabalhadores em educação, encerrou Marinor.
-----------------------------------------------
Com informações e foto de Fernando Carneiro e redação final da Equipe do Blog.

About MARINOR BRITO:

Organic Theme is officially developed by Templatezy Team. We published High quality Blogger Templates with Awesome Design for blogspot lovers.The very first Blogger Templates Company where you will find Responsive Design Templates.

0 comentários:

Copyright © 2015 Marinor Brito

Designed by Templatezy & Copy Blogger Themes