quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

NOTA DE PESAR

By: MARINOR BRITO: - 18:03

Share

& Comment

A cultura paraense sofreu um duro golpe com o falecimento, no dia de ontem, 22 de fevereiro, do poeta e presidente da Academia Paraense de Letras, Raimundo Alonso Pinheiro Rocha.

Alonso Rocha, considerado o “Príncipe dos poetas” paraenses, ocupava a cadeira número 32 da Academia Paraense de Letras desde 26 de novembro de 1996, sucedendo a Olavo Nunes e a Bruno de Menezes, mas participava da vida da Academia, de forma ininterrupta, há quase meio século, tendo atuado naquela instituição como secretário, diretor-financeiro e vice-presidente, entre outras funções.

Apaixonado pelas letras, Afonso Rocha foi um defensor incansável da rica tradição cultural de nosso povo. Sua vasta obra poética constitui uma herança fundamental e que haverá de ser preservada.

Detentor de inúmeras premiações nacionais, o poeta foi um dos principais protagonistas da cultura paraense ainda nos anos 40 do século XX. Por exemplo, integrou a chamada Academia dos Novos, em 1942, na ilustre companhia de intelectuais do porte de Jurandyr Bezerra, Max Martins e Antônio Cumaru Leal, além de Benedito Nunes, Leonan Cruz e Haroldo Maranhão.

Trovador e sonetista aclamado, Afonso Rocha publicou, entre outros, o livro de poesias Pelas Mãos do Vento (1954), tendo obtido os prêmios Vespasiano Ramos (1954) da Academia Paraense de Leras e Santa Helena Magno (1955) do governo do Estado do Pará.


Senadora MARINOR BRITO
Líder do PSOL/PA



About MARINOR BRITO:

Organic Theme is officially developed by Templatezy Team. We published High quality Blogger Templates with Awesome Design for blogspot lovers.The very first Blogger Templates Company where you will find Responsive Design Templates.

0 comentários:

Copyright © 2015 Marinor Brito

Designed by Templatezy & Copy Blogger Themes